Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Unidade de Referência em Agroquímicos recebe visita de ‘Embaixadores Globais’ de boas práticas agrícolas
O pesquisador Hamilton Ramos (centro) e os executivos da BASF Maurício Fernandes, Roberto Araújo, Juan Sustarián e Marcelo Vasconcelos.

Jundiaí (SP) – Coordenador da Unidade de Referência em Tecnologia e Segurança na Aplicação de Agroquímicos (UR), o pesquisador Hamilton Ramos, do Centro de Engenharia e Automação do Instituto Agronômico (CEA/IAC), órgão sediado em Jundiaí-SP, recebeu ontem, em visita técnica, o gerente global de segurança de produtos e meio ambiente da companhia BASF, Juan Sustarián. O executivo conheceu programas da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP voltados ao uso de defensivos agrícolas.

Realizados com apoio da iniciativa privada, os programas Aplique Bem, IAC-Quepia de Qualidade de Equipamentos de Proteção Individual na Agricultura e Adjuvantes da Pulverização, além da Unidade de Referência, incorporam iniciativas de caráter técnico que beneficiam produtores e empresas do agronegócio. As ações contemplam treinamentos sobre segurança e tecnologia de aplicação de defensivos, certificação de equipamentos de proteção individual e fomento ao uso eficaz de adjuvantes nas pulverizações agrícolas.

Acompanhado por profissionais especialistas na área de segurança de produtos e meio ambiente (Product Stewardship) da empresa alemã, chamados ‘Embaixadores Globais de Boas Práticas na Agricultura’, Sustarián fez também uma visita monitorada a dois novos laboratórios de última geração, abertos em julho último no CEA-IAC de Jundiaí, ambos do programa IAC-Quepia e dedicados a análises técnicas aplicadas à qualidade de vestimentas e luvas protetivas, equipamentos utilizados no manejo de defensivos agrícolas.

“Tivemos uma oportunidade valiosa para tratar de avanços obtidos pela pesquisa agrícola brasileira nos últimos anos, nas áreas de tecnologia de aplicação e Stewardship”, resume Ramos. “Mostramos ainda dados e resultados relevantes dos programas da Secretaria de Agricultura e Abastecimento empreendidos com apoio da iniciativa privada, inclusive da própria BASF, companhia presente entre os patrocinadores da construção dos laboratórios do IAC-Quepia inaugurados recentemente”, conclui o pesquisador.

Com 50 anos completados no mês de julho último, o CEA-IAC, órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, tornou-se referência mundial no desenvolvimento de estudos e pesquisas para promover o uso seguro e sustentável de defensivos agrícolas nas lavouras brasileiras.

Data de Publicação: 05/09/2019 às 15:40hs
Fonte: Unidade de Referência/Programa Quepia
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: