Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Implantação da tecnologia agrícola carece atenção

A implantação de novas tecnologias na cadeia produtiva carece de muito mais atenção e análise do que parece. Foi isso que indicou um texto elaborado pela Produce Marketing Association (PMA), que é a principal associação que representa empresas de todos os segmentos da cadeia de frutas e vegetais global.

De acordo com a associação, as vezes é preciso “pisar no freio”, para depois avançar. "Esse freio nos permite visualizar melhor se tivermos que fazer mudanças em nossa operação, tornando-a mais rentável, sustentável, eficiente e adequada às necessidades dos clientes. Porque temos uma certeza: se a mudança não for gerada, as outras as farão e nós podemos estar fora do negócio”, afirma Andrés Rodríguez, representante da PMA no Chile.

Um segundo passo, associado ao anterior, está relacionado à avaliação dos sistemas atuais e do mapa para onde se quer ir. “Você tem muitos trabalhadores ou poucos? O produto passa de uma parte da operação para outra para criar eficiências? Você tem computadores que podem gerar dados digitais? Você pode coletar e analisar esses dados? As equipes podem se comunicar umas com as outras? Você precisa mapear o processo, identificar onde fazer mudanças para melhorar a eficiência, qualidade e segurança, acrescentando que é fundamental identificar prioridades e saber quais são os horários e os recursos”, completa a Associação.

“Um terceiro passo é desenvolver conexões e interagir com empreendedores, associações empresariais, universidades e fornecedores. Por que não o fazer com empresários e startups? Eles já estão oferecendo novas oportunidades, produtos e serviços de tecnologia aprimorada. É hora de ir a demonstrações, trabalhar com fornecedores de tecnologia para testar o equipamento e desenvolver uma ideia de que esse produto tecnológico é uma solução para sua dor”, conclui.

Data de Publicação: 31/05/2019 às 13:40hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: