Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Eldorado quer ampliar operação no Porto de Santos

Uma das principais fabricantes de celulose do mundo, a Eldorado Brasil planeja ampliar suas operações no Porto de Santos, o que inclui ter mais um terminal no complexo marítimo, dessa vez uma instalação com acesso ferroviário direto e localizada diante dos berços de atracação.

Os planos da empresa, que desde 2015 opera um terminal no Porto de Santos, na região de Outeirinhos, na Margem Direita, foram destacados pelo gerente-geral de Logística e Operações da Eldorado Brasil, Flávio da Rocha Costa, durante recente visita à sede do Grupo Tribuna, na Cidade.

Atualmente, 95% da produção da Eldorado é exportado. Do 1,7 milhão de toneladas anuais produzidos na planta da companhia instalada em Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, 1,6 milhão de toneladas anuais seguem para o exterior. Dessa parcela, 70% saem pelo Porto de Santos e os 30% restantes, por complexos da Região Sul – Itapoá (SC), Navegantes (SC), São Francisco do Sul (SC) e Paranaguá (PR).

O desafio para a Eldorado é garantir o escoamento de suas exportações diante de seu plano mais estratégico - atualmente a empresa prepara a construção de uma segunda linha de produção, um projeto de R$ 10 bilhões que já tem projeto de engenharia e licença ambiental e permitirá a entrega de 4,2 milhão de toneladas por ano.

“Nesse novo cenário, para o qual já estamos nos preparando, temos de ter como escoar essa maior produção. E o Porto de Santos é decisivo para nossos planos. Termos mais uma área em Santos ao lado dos berços é fundamental e vital para nosso crescimento. Estamos em um mercado (da celulose) que cresce até 1,5 milhão de toneladas por ano”, afirmou Flávio Costa.

O atual terminal da Eldorado, negociado com a Rishis, ocupa o Armazém XIII (13 externo). Em 2015, quando as operações da empresa no local tiveram início, ele movimentava 6 mil toneladas por dia. Hoje, após investimentos em tecnologia, escoa 13 mil toneladas diárias. Por ele, saem os carregamentos de celulose a granel (soltos).

Além da unidade, a empresa também embarca sua celulose em contêineres em Santos, operando em três terminais especializados do complexo – Brasil Terminal Portuário (BTP), Dubai Ports World Santos e Tecon (da Santos Brasil).

Para expandir seus carregamentos, a Eldorado aguarda a licitação dos futuros terminais de celulose do Porto – o Governo decidiu implantar nas áreas que eram arrendadas pelo Grupo Libra, na Ponta da Praia, na Margem Direita, duas instalações dedicadas a essa carga.

“Vamos participar das audiências públicas e analisar os planos do Governo. Mas são propostas bem interessantes. Serão terminais com acesso ferroviário e com berço, uma proposta bem atrativa”, afirmou o gerente-geral de Logística e Operações da Eldorado, Flávio Costa.

Data de Publicação: 10/09/2019 às 17:20hs
Fonte: A Tribuna
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: