Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Conab divulga lista de instituições contempladas pelo programa de sementes

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou na quarta-feira (15/05) o ranking com a lista dos planos de distribuição classificados. Ao todo, serão destinados cerca de R$ 5 milhões para todo o país, recursos repassados pelo Ministério da Cidadania.

No início de abril, as instituições parceiras mandaram suas demandas à Conab, com pedidos de sementes para distribuição, indicando a quantidade necessária, o tipo e o público que será beneficiado. As sementes serão adquiridas da agricultura familiar em todo o país, por meio de compra direta ou chamada pública, dependendo do valor das propostas apresentadas.

Para as aquisições, o maior investimento será nas regiões Nordeste e Centro-Oeste, que receberão cerca de R$ 3 milhões, o que permitirá atender 10 planos de distribuição. Já as regiões Norte e Sul atenderão a 7 planos com recurso de R$ 2 milhões.

Os produtos serão adquiridos de associações e cooperativas de todo o Brasil, e posteriormente entregues aos órgãos demandantes que distribuirão as sementes a outros agricultores familiares e comunidades tradicionais.

Ao todo, a Companhia recebeu demandas para a compra de sementes que somam um volume de recursos na ordem de R$ 10,5 milhões. As regiões Nordeste e Centro-Oeste apresentaram demandas que totalizam um investimento superior a R$ 3 milhões cada. Já na região norte, as demandas somaram aproximadamente R$1,8 milhão, enquanto que no Sul do país os planos somaram R$1,7 milhão.

O PAA Sementes possibilita a compra diretamente de cooperativas e outras organizações. O objetivo é apoiar projetos que contribuam para o fortalecimento social e econômico das famílias de agricultores, como forma de incentivo à produção local.

Acesse aqui a lista com as propostas contempladas. Para saber a classificação completa procure a superintendência da Conab em seu estado.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 21/05/2019 às 15:20hs
Fonte: CONAB
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: