Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Como pequenos produtores liderariam produção sustentável

Os pequenos agricultores podem ser os responsáveis por liderar uma produção agrícola mais sustentável, foi isso que informou a especialista Zarren Pervez Bharucha, em um texto publicado no portal mundoagropecuario.com. Segundo ela, em 2030, os impactos das mudanças climáticas podem ser tamanhos que farão com que os rendimentos diminuam tanto que “anularemos qualquer progresso que tenhamos feito para eliminar a fome no mundo”.

Ela explica que alguns dos mais afetados pela mudança climática são pequenos agricultores. Nesse cenário, existem cerca de 475 milhões de pequenas fazendas ao redor do mundo, que cultivam cerca de 12% das terras cultivadas ao redor do globo. Pequenos agricultores nos trópicos e nas comunidades agrícolas mais pobres serão particularmente atingidos pela mudança climática, ela explica.

“No entanto, muitos desses pequenos agricultores estão usando cada vez mais formas inovadoras de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e se adaptar às mudanças climáticas. Eles são os verdadeiros pioneiros da agricultura inteligente em relação ao clima, que usam práticas que mantêm a produtividade e reduzem as emissões. Eles também estão produzindo uma série de outros benefícios, como alívio da pobreza, melhor nutrição e conservação da biodiversidade”, escreveu.

De acordo com a especialista, a redesenho radical das fazendas envolve técnicas como a agricultura de conservação, práticas que minimizam o rompimento da estrutura e da biodiversidade do solo. “O manejo integrado de pragas, que envolve estratégias para tratar pragas sem representar riscos para o meio ambiente, e sistemas agroflorestais, que usam árvores na agricultura, também são bons exemplos. Uma avaliação recente estimou que cerca de 163 milhões de fazendas ao redor do mundo (29% do total global) praticam algum tipo de redesenho”, conclui.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 19/02/2019 às 13:40hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: