Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

CNA participa de audiência pública sobre preços mínimos de café

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou de uma audiência pública da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural para discutir a política de preços mínimos de café na terça (14), na Câmara dos Deputados, em Brasília.

O encontro debateu a necessidade de reajuste nos valores atuais definidos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab): R$ 362,53 (saca de 60 kg/café arábica) e R$ 210,13 (saca de 60 kg/café conilon).

Na opinião dos participantes, os valores estabelecidos não estão de acordo com os custos de produção dos cafeicultores brasileiros, que aumentaram em maior proporção devido aos reajustes de insumos como combustíveis e fertilizantes, entre outros.

Segundo o presidente da Comissão Nacional do Café da CNA, Breno Mesquita, a defasagem é tanta que o café conilon, por exemplo, poderá não ser contemplado dentro de um instrumento de apoio à safra 2019 que está sendo negociado. O preço mínimo discrepante impede a sua utilização como base para políticas públicas.

“O preço de referência seria muito irreal. É preciso rever os conceitos do preço mínimo, realmente colocar mais perto da realidade para que o produtor brasileiro de café possa fazer jus aos instrumentos que existem e objetivar renda para a sua atividade”, afirmou ele.

A CNA defende que existam, pelo menos, dois preços mínimos para cada tipo de café tendo como base o sistema de produção - cafeicultura mecanizada e não mecanizada devido às diferentes características e custos de cada uma delas.

“A cafeicultura brasileira passa por um dos piores momentos da sua história. Estamos dando uma contribuição importante para que possamos fazer, minimamente, correções nos preços de café que estão muito aquém da realidade”, disse o deputado federal Evair Vieira (PP/ES), autor do requerimento para a realização da audiência pública.

Também participaram da audiência o presidente da Cooperativa Agrária dos Cafeicultores de São Gabriel (Cooabriel), Luiz Carlos Bastianello, e o gerente de Desenvolvimento Técnico da Cooperativa Regional dos Cafeicultores de Guaxupé (Cooxupé), Mário Ferraz de Araújo.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 15/05/2019 às 13:10hs
Fonte: Assessoria de Comunicação CNA
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: