Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Cavalo Crioulo ganha mercado em Mato Grosso do Sul
Passaporte Campo Grande - Crédito Fagner Almeida ABCCC Divulgação

Mato Grosso do Sul vem ganhando destaque no cenário do Cavalo Crioulo a cada ano que passa. O crescimento de manada da raça no Estado em 2018 foi de 6,85%, chegando a 2,05 mil exemplares registrados conforme dados da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Esta alta no ano passado ficou acima da média nacional, que foi de 3,39%, o que torna os sul matogrossenses referência na raça.

Neste cenário, de 11 a 13 de abril, o Parque Laucídio Coelho, em Campo Grande, receberá mais uma edição da Exposição Passaporte da raça Crioula, que classifica oito animais para a Nacional da Morfologia, que ocorrerá durante a Expointer, em Esteio (RS). O evento acontece dentro da programação da Expogrande, promovida pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), uma das mais tradicionais feiras do país.

De acordo com a presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Mato Grosso do Sul, Anna Lucia Coelho Paiva, a organização do evento está animada pois a procura para participação é grande e está superando as expectativas. Este ano, Campo Grande receberá também outros eventos importantes da raça, como uma credenciadora ao Freio de Ouro no final de abril e uma classificatória da modalidade no início de julho. "Isto vai ajudar na divulgação da raça e também das provas funcionais que geram uma emoção no público. Acreditamos que vai angariar bastante visibilidade para o Cavalo Crioulo em Mato Grosso do Sul, mais do que já tem acontecido", observa.

O evento terá como jurado o técnico Thiago Andreola Persici. Além do julgamento morfológico, a programação do Cavalo Crioulo na Expogrande contará com o leilão União da Raça Crioula, na sexta-feira, 12 de abril, a partir das 19h. O ciclo de Exposições Passaporte da raça Crioula tem o patrocínio de Banrisul.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 11/04/2019 às 13:40hs
Fonte: Assessoria de Comunicação da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC)
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: