Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


‘Capacitação para ganhar mercado com produto de qualidade’, diz ex-aluno do Senar
Laticínios Moinho Azul - Guiricema

O administrador Luís Sérgio Lima retornou ao campo há alguns anos para ajudar os pais na produção de leite. Hoje é sócio deles no Laticínios Moinho Azul, em Guiricema, e contou com o aprendizado em cursos do Sistema Faemg/Senar Minas para se destacar no mercado com produtos de qualidade.

Atento ao desânimo e às dificuldades dos pais em tomar conta da propriedade, trocou as viagens a trabalho para uma empresa de móveis pela vida em sua terra natal. Em 2016, casou-se e foi morar no sítio. “A propriedade estava sem foco. A produção de leite era muito baixa e não estava dando para sustentar as despesas familiares”, lembrou.

Foi em meados de 2016 que Luís Sérgio decidiu resgatar as origens da família, já que os avós faziam queijos de forma artesanal apenas com a produção de leite de sua propriedade.

“A queda no valor do leite e as dificuldades financeiras nos fizeram retornar aos queijos artesanais. Foi um período muito complicado, pois fazer queijos é uma arte. Para aprender, é preciso mais do que colocar a ‘mão na massa’, é necessário dedicação, amor e muita perseverança. E tudo isso acompanhado de uma responsabilidade muito grande em produzir um alimento para consumo de várias famílias”.

Inicialmente ele vendia os queijos de porta em porta. Com o crescimento das encomendas, a família passou a participar de feiras no município e entorno. Foi nesse momento que conheceu os cursos do Sistema Faemg/Senar Minas realizados na região em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de Guiricema.

“O Senar tem grandiosidade com relação às informações repassadas, estrutura e nível dos instrutores. Participei de cursos que foram de grande importância para nossa empresa. Ocorreram em um momento imprescindível e nos ajudou em várias áreas: qualidade, higienização correta de ambientes e equipamentos, aproveitamento da matéria-prima e redução de custos”.

As qualificações se refletiram no crescimento do negócio. “Estamos tendo oportunidade no mercado e valorização do produto. A agricultura familiar é muito complicada se a pessoa não tiver uma ajuda, e o Senar dá. É uma capacitação que permite que o produtor ganhe mercado com um produto de qualidade e ajuda muito a família porque você consegue dobrar o valor da sua renda”.

Certificação

Após a conclusão do primeiro curso, a família passou a focar na reestruturação da produção de apenas 30 litros de leite por dia e buscou a certificação do SIM (Selo de Inspeção Municipal), que ocorreu em abril de 2018, na mesma data em que Luís Sérgio concluiu o curso de Produtos Especiais.

“Apesar de grande dificuldade para aderir ao selo, nossa vida mudou após essa conquista. Conseguimos ofertar nossa linha de iogurtes para a merenda escolar e passamos a comercializar nossos produtos nos comércios da cidade. A produção se multiplicou, chegando a uma média de 250 litros por dia”.

Qualidade

O laticínio produz queijos (minas padrão e frescal), ricota e iogurtes com pedaços de frutas. Segundo Luís Sérgio, o objetivo da empresa é trabalhar com foco na qualidade para levar aos clientes produtos satisfatórios.

“Minha esposa e eu ficamos responsáveis por todas as atividades do pequeno laticínio e meus pais cuidam do gado e produção do leite. Atualmente estamos satisfeitos com as transformações e mudanças que fizemos em poucos anos. A atividade é rentável e tem grandes oportunidades para os pequenos produtores que estão dispostos a produzir produtos diferenciados”.

Data de Publicação: 30/08/2019 às 14:40hs
Fonte: Assessoria de Comunicação SENAR MG
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: