Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Café: Bolsa de NY volta a registrar altas após quedas generalizadas na última sessão

Por volta das 09h04 (horário de Brasília), maio/20 teve alta de 180 pontos, valendo 117,80 cents/lbp, julho/20 registrava alta de 160 pontos, negociado por 118,95 cents/lbp, setembro/20 registrava alta de 160 pontos, valendo 119,90 cents/lbp e dezembro/20 subia 155 pontos, valendo 120,90 cents/lbp.

O mercado, de modo geral, viveu mais um dia de aversão ao risco, aguardando por notícias do Coronavírus, que vem registrando aumento de casos no Brasil, Estados Unidos e também na Europa. Apesar do café arábica ainda não ter sido atingido diretamente pela crise do Coronavírus, o mercado de cafés especiais já começam a ser atingido pela pandemia, sobretudo por muitas cafeterias e cafés estarem de portas fechadas neste momento.

Somente na semana passada, a Starbucks divulgou o fechamento de mais de oito mil lojas nos Estados Unidos. Diante do cenário, o mercado tenta agora se adptar à realidade de delivery e vendas pela internet, que tem correspondido a 75% das vendas neste momento.

Mercado Interno - Último pregão

No Brasil, o tipo 6 duro operou com estabilidade nas principais regiões produtoras do país. Guaxupé/MG manteve o valor de R$ 585,00, Patrocínio/MG manteve R$ 575,00, Araguarí manteve o valor de R$ 590,00 e Varginha/MG manteve a cotação por R$ 575,00. Apenas Poços de Caldas/MG registrou queda de 0,88%, estabelecendo os valores por R$ 560,00.

O tipo 4/5 registrou queda de 0,87% em Poços de Caldas, cotado por R$ 570,00. Franca/SP registrou desvalorização de 1,67%, negociado por R$ 590,00. Varginha/MG manteve a estabilidade por R$ 585,00.

O tipo cereja descascado manteve a estabilidade por R$ 630,00 em Guaxupé/MG, Patrocínio/MG manteve o valor de R$ 625,00. Poços de Caldas/MG registrou queda de 0,78%, negociado por R$ 640,00.

Data de Publicação: 02/04/2020 às 11:00hs
Fonte: Notícias Agrícolas
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: