Fruticultura

Produção de laranjas em alta na África do Sul

País registra crescimento em área plantada e produção e já projeta crescimento nos volumes exportados de laranja na safra 2020/2021


Publicado em: 23/12/2020 às 09:00hs

Produção de laranjas em alta na África do Sul

A África do Sul tem investido no avanço de sua produção de frutas cítricas. De acordo com um relatório publicado pelo Departamento de Citrus dos Estados Unidos (USDA), a área plantada com citrus no país cresceu 6% em 2019, para 86,8 mil hectares e deve chegar a 95 mil hectares em 2020. Aproximadamente 50% dessa área é ocupada por laranjas e a estimativa é de o plantio avance mais 2% na safra 2019/2020, e alcance 46 mil hectares plantados.

Segundo o USDA, a estimativa para a safra 2020/2021 de laranjas na África do Sul é de 41 milhões de caixas de 40,8kg, um crescimento de 3% em relação a safra anterior. Isso se deve aos investimentos em tecnologia de produção e boas condições do clima.

Com a produção em alta, o país foca nas exportações do produto. A estimativa é que 32 milhões de caixas de 40,8kg sejam embarcadas durante a safra, um crescimento de 2% em relação a 2019/2020. A União Europeia continua sendo o principal destino das laranjas sul-africanas, respondendo por 38% das exportações de laranja do país. Mas os embarques para Ásia e Oriente Médio tem crescido e dando suporte aos investimentos na produção citrícola do país.