Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Tomilho e orégano reduzem metano emitido pelo gado

Os óleos essenciais contidos em temperos como tomilho e orégano podem reduzir a quantidade de metano emitido pelos bovinos através de suas fezes. De acordo com uma pesquisa realizada pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da Universidade de São Paulo, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é possível adicionar o complemento na ração dos animais.

Segundo indicou a zootecnista Gabriela Benetel, autora da pesquisa, houve cerca de 75% de redução da produção de gases acumulados em condições ruminais nos ensaios in vitro, ou seja, em situação semelhante ao que aconteceria com o animal em seu processo digestivo. Ela explicou que esses óleos apresentam propriedades antibacterianas, antifúngicas e antioxidantes, “melhorando a qualidade da digestão animal e favorecendo a fermentação. Os ruminantes são uma das poucas fontes produtoras de CH4 que podem ser manipuladas”, explica.

“Os experimentos com os animais foram feitos a partir da análise de amostras obtidas na cavidade do rúmen, a região abdominal onde o bolo alimentar sofre fermentação pela ação de bactérias, protozoários e fungos e também há a produção de grande quantidade de gases, entre eles o metano. Na ração dos animais, composta de 70% de silagem de milho e 30% de concentrado à base de milho e farelo de soja, foram adicionados 3 mililitros (ml) de óleo essencial por quilo de alimento oferecido aos bois”, afirmou a Universidade.

A tese Uso de óleos essenciais com estratégia moduladora da fermentação ruminal para mitigação das emissões de metano por bovinos Nelore foi apresentada na Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, sob orientação de Ives Cláudio da Silva Bueno.

Data de Publicação: 21/05/2019 às 12:40hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: