Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

SBC Certificações é acreditada ABNT NBR ISO/IEC 17065:2013 para o escopo GLOBALG.A.P. em frutas, vegetais e grãos

O Serviço Brasileiro de Certificações (SBC), empresa líder no mercado de fazendas certificadas para exportação de carne bovina à Europa e que, desde setembro de 2018, trabalha com produtores de frutas e vegetais que desejam exportar para exigentes mercados internacionais, acaba de receber da Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre) a acreditação ABNT NBR ISO/IEC 17065:2013 para o escopo GLOBALG.A.P. em frutas, vegetais e grãos.

“Lutamos muito para atingir esse objetivo em 2018. Permanecer firmes na área animal, com o Serviço Brasileiro de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos (SISBOV), entrar em protocolos que já demandam este padrão internacional. E colocar a empresa em um patamar superior. Nos próximos dez anos, queremos trabalhar com diversos protocolos, nas áreas de pecuária, frutas, grãos e indústrias frigoríficas. Sem falar em um novo salto: passarmos a atuar internacionalmente, via GLOBALG.A.P., em mercados como Chile e Peru, na área de frutas”, contextualiza Matheus Modolo Witzler, Responsável Técnico GLOBALG.A.P. na SBC. O Brasil exportou no ano passado perto de US$ 950 milhões, com um volume de 960 mil toneladas. Em 2019, pela primeira vez na história, as vendas externas do setor poderão ultrapassar US$ 1 bilhão, com um crescimento de 23% sobre o resultado de 2017. E crescer pelo menos 10% ao ano na próxima década. A previsão é da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (Abrafrutas).

Para a obtenção da acreditação, a SBC passou por uma auditoria da Cgcre em 2018, que compreendeu duas fases. Na primeira, foi realizada a chamada ‘Auditoria Testemunha’, quando o auditor do Cgcre e um especialista do protocolo GLOBALG.A.P. acompanharam o trabalho de um auditor da empresa atuando junto a um produtor cliente da SBC, verificando a conformidade de todas os critérios da normas GLOBALG.A.P. Nos outros dois dias, foi realizada a Auditoria de Escritório, com dois auditores e mais um especialista GLOBALG.A.P. da Cgcre vistoriando todos os documentos e as instalações da SBC. Conheceram a política da empresa, o manual de procedimentos, o manual técnico e todo o trabalho realizado pela diretoria para atender aos requisitos exigidos pelo GLOBALG.A.P.

Matheus Modolo Witzler enfatiza que a acreditação ABNT NBR ISO/IEC 17065:2013 para o escopo GLOBALG.A.P. permite à SBC prestar serviços ainda mais sofisticados, mesmo quando estiver certificando protocolos que não exijam a ABNT NBR ISO/IEC 17065:2013. “O patamar que atingimos permite-nos aumentar os nossos controles, ter mais musculatura para os projetos, mesmo que eles não demandem a ABNT NBR ISO/IEC17065:2013. Tanto que já iniciamos, em janeiro, um novo treinamento, para novos auditores trabalharem em GLOBALG.A.P.“, reforça.

Outra novidade anunciada pela direção da empresa neste início de ano é a entrada no segmento de Certificação de Uso de Energia Renovável, com a certificação de empresas que fazem uso de fontes renováveis. Elas precisam atender a uma série de requisitos de um protocolo criado por uma corporação que comercializa a chamada ‘energia limpa’, aquela obtida a partir de fontes renováveis. “São empresas que consomem energia incentivada, oriunda de fontes renováveis. Para isso, elas têm descontos e tarifas especiais. Nosso trabalho é ir lá e certificar quanto ela comprou de energia limpa naquele ano e quanto reduziu nas emissões de carbono, segundo este protocolo particular. Com isto, os usuários que utilizam as fontes renováveis incentivadas acabam reconhecidos pelo mercado e pelos consumidores como atuantes na preservação de formas sustentáveis de fontes de energia, contribuindo para a redução do aquecimento global”, explica Matheus Modolo Witzler.

Sobre a SBC Certificadora

O Serviço Brasileiro de Certificações foi criado em 2002, em Botucatu (SP), pelos médicos-veterinários Cristina Lombardi, que atuou no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e Luiz Henrique Witzler, dois renomados profissionais da história da rastreabilidade bovina no Brasil. O objetivo foi trabalhar com SISBOV, para atender à demanda de exportação de carne bovina à Europa. Hoje, a empresa é composta pelos renomados diretores Sergio Ribas e Luis Henrique Witzler, e é líder de mercado neste sistema, atuando em 30% das fazendas brasileiras certificadas, incluindo os grandes confinamentos do País. Cerca de dois milhões de animais por ano são rastreados pela empresa. Tem presença em onze estados brasileiros e escritórios regionais em Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, além de representantes no Paraná e no Espirito Santo. Mantém sua Matriz em Botucatu (SP) e trabalha com mais de cinquenta colaboradores e auditores espalhados pelo País. A SBC é credenciada para as certificações SISBOV, Uso de Energia Renovável, Selo da Cadeia de Fornecimento e Protocolo Rúbia Galega. Possui acreditação ABNT NBR ISO/IEC 17065:2013 no escopo GLOBALG.A.P. em Frutas, Vegetais e Grãos.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 06/02/2019 às 15:40hs
Fonte: Grupo Publique
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: