Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Retrospectivas Cepea: acompanhe boi, frango, suínos, ovos e ovinos

Hortifrútis: confira aqui Anuário 2018/2019 com análises retrospectivas e perspectivas para os 13 produtos acompanhados.

BOI: 2018 é mais favorável que ano anterior, mas demanda interna limita desempenho
O setor pecuário esperava um 2018 melhor que o de 2017. E certamente foi. Segundo pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, os novos desafios enfrentados por operadores do mercado pecuário no correr do ano, no entanto, fizeram com que os mais otimistas se frustrassem com os resultados obtidos. Leia mais!

FRANGO: Preço de insumo elevado e queda na exportação prejudicam setor em 2018
2018 foi mais um ano desafiador ao setor avícola. De acordo com pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, o período foi marcado por elevação nos preços de importantes insumos, como milho e farelo de soja, e por restrições à carne de frango brasileira no mercado internacional. Esse cenário resultou em quedas nos preços da proteína no mercado doméstico, especialmente no primeiro semestre. Na segunda metade do ano, observou-se certa recuperação nos valores da carne, diante da diminuição na produção. Leia mais!

SUÍNOS: Custo alto, embargo e quedas nos preços internos marcam 2018
Após registrar um 2017 de recuperação, o setor suinícola voltou a enfrentar dificuldades em 2018. De acordo com pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, os custos de produção com alimentação (milho e farelo de soja) subiram, as exportações da proteína foram limitadas por conta do embargo russo – que durou praticamente todo o ano – e os preços do animal vivo e da carne caíram. Esse cenário desfavorável levou, inclusive, muitos produtores a deixaram a atividade. Leia mais!

OVOS: 2018 é marcado por oferta elevada e queda nas cotações
O avicultor de postura passou por momentos árduos ao longo de 2018. Segundo pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, o movimento de queda nos preços dos ovos, iniciado em janeiro, perdurou no correr do ano, salvo períodos específicos em que a proteína apresentou boa recuperação. No geral, a retração nas cotações ocorreu pela elevação da oferta, em decorrência, principalmente, dos investimentos que foram feitos para o aumento de plantel nas granjas já existentes. Leia mais!

OVINOS: Demanda favorece alta de preço em 2018
Ainda que seja a carne menos consumida pelo brasileiro, a proteína ovina mostrou significativa melhora na demanda em 2018, o que contribuiu para a elevação no preço das carcaças em praticamente todas as regiões acompanhadas pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. Leia mais!

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 10/01/2019 às 19:40hs
Fonte: CEPEA
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: