Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Consumo de suco na Espanha foi reduzido em 20%

A Associação Espanhola de Fabricantes de Suco (ASOZUMOS), divulgou recentemente um relatório com análises da situação do setor no país. Segundo os dados da associação, a Espanha é uma das maiores exportadoras de suco da União Europeia, com um volume total de 785.999 toneladas, cerca de 1,6% a mais que no ano anterior, de 771,89 milhões de euros (+6,4%) em 2018.

Quando se trata dos sabores mais procurados, o suco de laranja continua liderando o ranking das exportações, apesar de registrar uma queda de 20% em relação a 2017. Os mixes de frutas ficam em segundo, com um notável aumento de 50% em relação a 2017. Os outros sabores que registraram um aumento foram maçã e tomate.

Consumo continua a diminuir na Espanha

No que diz respeito ao consumo interno, todas as estatísticas confirmam um declínio de cerca de 3,5% em termos de volume. Uma das razões para essa queda pode ser o desconhecimento das diferentes categorias de suco comercializados.

Vale ressaltar que os fabricantes mostraram seu compromisso com o Plano de Colaboração para o Melhoramento da Composição de Alimentos e Bebidas, liderado pela Agência Espanhola de Consumo, Segurança Alimentar e Nutricional (AECOSAN). A ideia é reduzir em 10% o teor de açúcares adicionados nos néctares de laranjas, abacaxi e pêssego.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 07/06/2019 às 17:20hs
Fonte: Fresh Plaza
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: