Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Operação com vagões double-stack da Brado aumenta em 40% capacidade de transporte por ferrovia

Com mais de 60 tipos de produtos transportados diariamente por ferrovia entre Sumaré (SP) e Rondonópolis (MT), a Brado estruturou uma nova operação para expandir as operações do mercado interno brasileiro. Com a utilização de vagões double-stack, com contêineres empilhados em dois níveis, a empresa de inteligência logística projeta um ganho de 40% na capacidade de transporte dos trens de carga.

Modelo de referência nos Estados Unidos, esse tipo de operação será utilizado pela primeira vez em trajetos de longa distância no Brasil. Os trens são formados com vagões que podem carregar até três contêineres empilhados (um de 40 pés e dois de 20 pés).

“É uma operação que atende as necessidades de um mercado em expansão, percorrendo um trajeto de aproximadamente 1.400 quilômetros entre as regiões Sudeste e Centro-Oeste do país”, afirma Marcelo Saraiva, Diretor Comercial e de Operações da Brado. “O double-stack é um sistema eficiente que dobra a capacidade em relação ao vagão convencional, além de outros benefícios, como redução no consumo de combustível e segurança operacional.”

Evento de exibição

No próximo dia 19 de junho, às 10h, a Brado realiza uma exibição das novas operações no terminal ferroviário de Sumaré, em São Paulo. Um trem composto por 68 vagões double-stack, totalizando 136 contêineres, partirá do terminal no interior paulista com destino a Rondonópolis (MT).

Com investimento de R$ 30 milhões no projeto, a Brado estima um crescimento superior a 20% no volume de cargas transportado em 2019, atingindo a marca de 330 mil TEU’s no ano.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 21/06/2019 às 13:20hs
Fonte: Brado
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: