Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Mofo branco e outras doenças de difícil controle estão no foco da australiana Nufarm na Expodireto Cotrijal

A edição 2019 da Expodireto Cotrijal, uma das maiores feiras do agronegócio internacional, acontece até sexta-feira, 15, no município gaúcho de Não-Me-Toque. O evento é organizado pela Cooperativa Agroindustrial Cotrijal e tem por objetivo difundir tecnologias para produtores da região sul. Durante o encontro, a empresa australiana Nufarm apresenta seu portfólio de tecnologias recomendadas às principais lavouras de grãos, incluindo soja e milho.

A Nufarm lança no evento o fungicida sistêmico Tamiz®, que é descrito como uma solução de alta tecnologia e indicado ao manejo de doenças de difícil controle da parte aérea de plantas de soja, milho, trigo e arroz. Segundo a empresa, Tamiz® resulta de investimentos com objetivo de ampliar o acesso do produtor a soluções inovadoras da marca Nufarm. O produto foi desenvolvido com base nos ingredientes ativos estrubirulina e tebuconazole e de acordo com a companhia deve ser aplicado sempre preventivamente.

Ainda durante o evento a empresa australiana apresenta uma solução tecnológica voltada ao controle do mofo-branco na soja, doença que tem preocupado a cadeia produtiva. Segundo a engenheira agrônoma Carulina Oliveira, gerente de fungicidas e adjuvantes da companhia, o novo fungicida Curado® reduz ciclos secundários de infecção de mofo-branco na soja, por impedir a germinação do fungo causador da doença no solo.

Outro destaque da empresa na área de fungicidas será o novo Sialex® 500, em lançamento, para controle de doenças importantes da soja como a podridão de esclerotina.

A companhia também destaca no evento do Sul sua linha de fungicidas para manejo de doenças do milho. Um dos destaques desse portfólio é o fungicida Manfil®, indicado ao manejo de doenças de final de ciclo da soja e do milho.

Para o controle de plantas daninhas a companhia leva à Expodireto dados consistentes sobre o desempenho dos herbicidas ZethaMaxx® e Crucial®. O primeiro é recomendado no controle de plantas daninhas como a buva e o capim-amargoso, na dessecação e no pré-plantio da oleaginosa. Já Crucial®, diz a Nufarm, proporciona efeito mais rápido na comparação a outros glifosatos disponíveis no mercado, principalmente nos períodos chuvosos.

A equipe técnica da Nufarm apresenta ainda o programa Nufarm Care®, voltado ao uso seguro e sustentável de defensivos agrícolas no Brasil.

A Nufarm atua há mais de 100 anos no agronegócio. Com sede em Melbourne, na Austrália, possui um amplo portfólio. No Brasil, mantém uma unidade fabril em Maracanaú (CE), um escritório em São Paulo (SP) e oito centros de distribuição. Sua estrutura comercial reúne 150 profissionais de Vendas, Marketing e Desenvolvimento de Produtos & Mercados, que asseguram a excelência no atendimento às principais regiões agrícolas. Em parceria com seus distribuidores, a Nufarm investe no programa Nufarm Care, valorizando a segurança no uso de agroquímicos e a preservação do meio ambiente.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 13/03/2019 às 15:40hs
Fonte: Nufarm/Brasil
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: