Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Mercado aquecido anima para vendas da raça Crioula no Bocal de Ouro
Leilão Bocal Malke - Crédito Nestor Tipa Júnior AgroEffective Divulgação

O Bocal de Ouro também se reflete em momento de negócios na raça Crioula. Durante o evento, que ocorre de 4 a 7 de abril, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), três leilões darão o tom de oferta de genética consolidada entre os criadores e usuários do Cavalo Crioulo. Todos os eventos ao longo da classificatória de inéditos ao Freio de Ouro serão conduzidos pela Trajano Silva Remates, sempre às 21h no Tattersal do Cavalo Crioulo.

O leiloeiro e diretor do escritório, Marcelo Silva, vê com bons olhos a expectativa de comercialização para estes dias do Bocal de Ouro, especialmente pelo mercado positivo demonstrado nos leilões realizados no primeiro trimestre de 2019. Para o especialista, a qualidade será o diferencial de vendas ao longo do evento. "Quanto ao Bocal, teremos este ano três leilões apenas, mas esta menor oferta acreditamos que vá se refletir no melhor preço, até porque o material que está sendo oferecido é totalmente diferenciado. Temos animais e coberturas excepcionais", destaca.

Silva avalia que as médias ao longo do ano devem ter uma alta suave na comercialização de Cavalos Crioulos. Nesta edição, a grande novidade fica por conta do leilão Somente Elas, no dia 4 de abril, conduzido pela Cabanha Mapocho, de Pelotas (RS), e que contará com a participação de 20 mulheres de cabanhas de todo o país, ofertando 39 lotes da raça. No dia 5 de abril é a vez da Don Marcelino, de Lavras do Sul (RS) e La Castellana, de Santiago (RS), entrarem em pista com 40 lotes. Encerrando, no dia 6 de abril ocorre o tradicional remate da Cabanha Malke, de Uruguaiana (RS), ofertando 41 lotes.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 05/04/2019 às 08:40hs
Fonte: Assessoria de Comunicação da Trajano Silva Remates
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: