Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


FMC destaca importância de iniciativas sustentáveis no mês do Meio Ambiente

No mês do Meio Ambiente, a FMC ressalta a importância de iniciativas e movimentos que busquem a conscientização e a preservação ambiental. O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho, tornando o período referência para debates sobre o tema.

Como parte da missão de desenvolver soluções inovadoras pensadas para a preservação do meio ambiente, e causar impactos positivos nas comunidades que está inserida, a Companhia apoia ações de responsabilidade ambiental, como o movimento Sou de Algodão.

O projeto é uma iniciativa da Abrapa (Associação Brasileira do Produtores de Algodão), com apoio do IBA (Instituto Brasileiro do Algodão). O movimento visa incentivar o uso do algodão, unindo todos os elos participantes da cadeia produtiva da fibra, desde o produtor, passando pela fiação, tecelagem, malharia, confecção e varejo, chegando ao consumidor. A ideia central é ressaltar os atributos positivos de valor e sustentabilidade desta matéria-prima entre os que produzem e consomem moda.

"O Sou de Algodão é inovador e de extrema importância para conscientizarmos os consumidores a utilizar produtos provenientes do algodão. A fibra é uma das matérias primas mais sustentáveis do mundo, podendo ser usada em vestimentas duráveis, embalagens e acessórios de alta qualidade. Além disso, o projeto promove boas práticas também no campo, contribuindo com uma agricultura moderna, eficiente e responsável, por isso, a FMC tem orgulho de apoiar essa causa", destaca o diretor comercial da FMC, Marcelo Magurno.

Em 2019, o Brasil deve colher 2,8 milhões de toneladas de pluma. No contexto mundial, o país é o quarto maior produtor e, pela primeira vez, assume o posto de segundo maior exportador. A sustentabilidade está na base dos números que o país tem alcançado na cotonicultura nas duas últimas décadas e, por isso mesmo, é um dos compromissos da Abrapa, que regem todas as suas ações, principalmente, o programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR), que estabeleceu critérios para certificar, em nível nacional, a pluma sustentável e opera em benchmark com a ONG suíça Better Cotton Initiative (BCI). Atualmente, o país é o maior fornecedor mundial de pluma reconhecidamente sustentável, licenciada pela BCI. Nesta safra 31% do montante de algodão BCI do globo vêm do Brasil.

“Uma vez entendida pelos produtores e mercado como importante, o conceito de algodão sustentável precisa ganhar os guarda-roupas. Por isso, a Abrapa lançou, em 2016, na São Paulo Fashion Week, o movimento Sou de Algodão. Seu objetivo é esclarecer e enfatizar as vantagens da matéria-prima para a natureza e para quem usa. A FMC, uma empresa que faz parte da história da Abrapa, é uma grande parceira do movimento, e faz questão de vestir essa camisa. O Sou de Algodão antes de ser uma iniciativa de mercado, é um trabalho a favor de uma mudança de cultura, voltado ao consumo consciente do ponto de vista ambiental, social e econômico”, afirma o Presidente da Abrapa, Milton Garbugio.

Data de Publicação: 02/07/2019 às 15:00hs
Fonte: FMC FMC - Algodão
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: