Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Índia e Tailândia devem reduzir produção de açúcar em 2018/19

Nos dois países, o regime de chuvas abaixo do esperado é um dos fatores que corroboram para uma produção menor da commodity nesta temporada.

Segundo projeções feitas pela DATAGRO Consultoria, na Índia, o processamento deverá chegar a 30,5 milhões de toneladas, ante 32,5 milhões produzidas em 2017/18. A falta de chuvas vem prejudicando de forma significativa a safra, uma vez que afetou o rendimento das plantas e elevou a infestação de larva branca nos canaviais, que rapidamente se espalhou por conta do clima seco.

Na Tailândia, o cenário do clima é semelhante. No entanto, em agosto do ano passado, havia uma expectativa de safra recorde devido ao regime de chuvas regulares. Mas o que se viu depois disso foram índices pluviométricos abaixo do esperado, afetando o desenvolvimento dos canaviais. De janeiro a novembro de 2018, o índice de chuvas foi de 1.176 mm nas principais regiões canavieiras do país, queda de 30,2% sobre o percentual registrado em igual período de 2017.

Com a menor renovação no plantio, que já está sendo impactado pelo fim do controle de preços no mercado interno, a moagem de cana deverá passar de 135 milhões de toneladas em 2017/18 para 120 milhões em 2018/19.

Como resultado, a produção de açúcar deverá totalizar 13,08 milhões de toneladas, tel quel, ante 14,68 milhões registradas em 2017/18. Apesar da queda, a safra tailandesa em 2018/19 ainda será a segunda maior da história.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 09/01/2019 às 10:00hs
Fonte: Datagro
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: