Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


Fungo ameaça banana colombiana

Um fungo que causou estragos nas plantações de banana no Hemisfério Oriental, apesar de anos de esforços preventivos, chegou às Américas. A ACI, autoridade agrícola e pecuária colombiana, confirmou na quinta-feira passada que exames laboratoriais identificaram positivamente a presença da chamada “Tropical Race 4”, doença do Panamá, em fazendas de banana na região costeira do Caribe.

A descoberta do fungo representa um potencial desastre iminente para as bananas, tanto como fonte de alimento quanto como commodity de exportação. A doença do Panamá Tropical Race 4 - ou TR4 - é uma infecção da bananeira por um fungo do gênero Fusarium. Embora as bananas produzidas em solo infectado não sejam inseguras para os seres humanos, as plantas infectadas deixam de produzir frutos.

Primeiramente identificado em amostras de solo taiwanês no início da década de 1990, o fungo destrutivo permaneceu por muito tempo confinado ao Sudeste Asiático e à Austrália, até que sua presença foi confirmada no Oriente Médio e na África em 2013. Especialistas temiam uma eventual aparição na América Latina, o epicentro da a indústria global de exportação de banana.

"Depois de ver, é tarde demais, e provavelmente já se espalhou para fora dessa zona sem reconhecimento", diz Gert Kema, professor de fitopatologia tropical da Universidade de Wageningen, na Holanda, cujo laboratório analisou amostras de solo para confirmar TR4 na Colômbia, como bem como em surtos anteriores.

Nenhuma medida de fungicida ou biocontrole conhecida provou ser eficaz contra o TR4. “Até onde sei, a ACI e as fazendas estão fazendo um bom trabalho em termos de contenção, mas a erradicação é quase impossível”, diz Fernando García-Bastidas, fitopatologista colombiano que coordenou os testes.

Data de Publicação: 16/08/2019 às 16:20hs
Fonte: AGROLINK
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: