Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio


EUA: 10 principais importadores de carne de frango no 1º semestre de 2019

Comparativamente a idêntico período do ano passado, no 1º semestre de 2019 o rol dos 10 principais importadores de carne de frango dos EUA recebeu apenas dois novos integrantes: o Vietnã (que subiu do 10º para o quinto posto) e a Geórgia, país da Europa Oriental vizinho à Rússia, que aumentou suas importações em mais de 170%, com isso passando, em um ano, da 18ª para 9ª posição.

Excetuadas eventuais trocas de posição, permanecem no grupo oito países, o primeiro deles o México, que em 2019 aumentou suas importações em quase 8% e, com isso, absorveu mais de um quinto das exportações norte-americanas de carne de frango.

Representando pouco mais de 63% do total, o volume destinado aos 10 primeiros importadores da carne de frango norte-americana aumentou 4,14%, mas foi parcialmente neutralizado por uma queda de 4,2% no volume destinado aos demais 127 importadores. Daí o incremento total no semestre ter sido inferior a 1%.

Mais como curiosidade, a tabela abaixo situa esses 10 países nas exportações brasileiras de carne de frango do primeiro semestre de 2019. Como se constata, apenas um país – a Guatemala - não recebe a carne de frango brasileira. E, juntos, os outros nove absorvem volume correspondente a um terço do que importam dos EUA.

Por outro lado, chama a atenção o fato de os dois países com maior percentual de aumento de importação dos EUA (Vietnã e Geórgia - +50% e +173%, respectivamente) terem aumentado as importações do Brasil em índices também bastante significativos (+81% e +147%).

Por fim, caberia perguntar em que posição se encontram, nas importações norte-americanas, os dois principais importadores da carne de frango brasileira, China e Arábia Saudita? No momento, a Arábia Saudita surge na última posição (137ª), com importação inferior a 1 (uma) tonelada. Já a China há tempos nada importa dos EUA.

Data de Publicação: 14/08/2019 às 16:00hs
Fonte: AviSite
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: