Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Estão disponíveis as análises agromensais de FEVEREIRO/19 do Cepea

Açúcar: O Indicador do Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (estado de São Paulo) acumulou baixa de 4,48% em fevereiro, fechando a R$ 66,08/saca de 50 kg no dia 28.

Leia Mais

Algodão: A “queda de braço” entre agentes ativos no mercado de algodão em pluma esteve acirrada no correr de fevereiro, cenário que resultou em baixa liquidez e em oscilação nos preços.

Leia Mais

Boi: Os preços oscilaram no correr de fevereiro, movimento que esteve atrelado à entrada e à saída de operadores do mercado. Ao longo do mês, o Indicador do boi gordo ESALQ/B3 variou entre R$ 148,50 e R$ 152,75, fechando o dia 28 de fevereiro a R$ 150,20, queda acumulada de 2,02%.

Leia Mais

Café: As cotações domésticas do café arábica recuaram levemente em fevereiro, pressionadas pela baixa dos preços internacionais. Quanto ao robusta, por outro lado, os valores tiveram pequena alta, devido à baixa liquidez do mercado.

Leia Mais

Etanol: O volume de etanol hidratado comercializado em fevereiro em São Paulo superou em 62% o de janeiro e foi o maior de toda a série histórica do Cepea.

Leia Mais

Frango: Fevereiro foi um mês de certa recuperação para a avicultura nacional. Apesar de os valores médios da carne terem sido apenas ligeiramente superiores aos de janeiro/19, foram expressivamente maiores que os registrados em fevereiro do ano passado.

Leia Mais

Milho: Os preços estiveram em alta na maior parte do mês, devido, principalmente, à necessidade de compradores de repor estoques de curto prazo e à menor oferta de milho 1º safra, por causa dos problemas climáticos e pelo ritmo aquecido das exportações durante alguns períodos do mês.

Leia Mais

Ovinos: As despesas extras típicas de início de ano – que acabam reduzindo o poder de compra da população – limitaram a demanda pela carne de cordeiro no correr de fevereiro. Esse cenário, por sua vez, diminuiu também a procura por animais para abate na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea, com exceção de Mato Grosso.

Leia Mais

Soja: Em fevereiro, as chuvas interromperam os trabalhos de campo e geraram preocupações quanto à qualidade da oleaginosa. Agentes consultados pelo Cepea relataram que, caso o volume de chuva siga elevado e a luminosidade, reduzida, a qualidade dos grãos ainda na lavoura pode ser prejudicada, especialmente em regiões do Sudeste, Centro-Oeste e do Matopiba.

Leia Mais

Trigo: Em fevereiro, os preços domésticos de trigo apresentaram leve oscilação no mercado interno, mas, no acumulado do período, registraram alta, influenciados, ainda, pela baixa disponibilidade do cereal de boa qualidade, apesar da falta de interesse de compra por parte de moinhos, que se mostram bem abastecidos.

Leia Mais

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 12/03/2019 às 10:00hs
Fonte: CEPEA
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: