Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Embrapa de Sinop fará dia de campo sobre Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta

O 1º Dia de Campo sobre Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta em Terra Nova do Norte (160 km de Sinop) está confirmado para o dia 14 de março, no Sítio Pequiza, para apresentar os sistemas produtivos utilizados na propriedade que tem como atividade principal a pecuária leiteira. Parte dela sendo feita em sistemas ILPF com uso de pequizeiros. Vão participar, além de produtores rurais, técnicos, extensionistas, estudantes e demais interessados na produção agropecuária sustentável.

A programação do dia de campo terá início às 8h30. Logo após a abertura, os proprietários e Janete e Enor Mantovani contarão sobre o histórico da família e do uso da terra no sítio. Na sequência, os participantes serão divididos em quatro grupos e percorrerão um circuito de estações de campo.

Em uma das estações o diretor técnico da Coopernova, Carlos Távora, abordará o Programa Leite a Pasto. Em outra, o professor da Unemat Alexandre Olival falará sobre a arborização de pastagens para sistemas produtivos.

A recomposição de áreas de preservação permanente será o tema de uma das estações conduzidas pelo pesquisador da Embrapa AgrossilvipastorilIngo Isernhagen e por Anderson Lopes, do Instituto Ouro Verde.

Na quarta estação do circuito da manhã Enor Mantovani e o analista de Transferência de Tecnologia da Embrapa Orlando Oliveira falarão sobre a implantação e condução do sistema silvipastoril com pequizeiro no sítio.

Após uma parada para almoço, o dia de campo será encerrado com uma quinta estação, na qual será apresentada a implantação e condução de sistema agrossilvipastoril com pequizeiro na propriedade. Enor e Carlos Távora serão responsáveis pela apresentação.

O 1º Dia de Campo sobre Integração-Lavoura-Pecuária-Floresta em Terra Nova do Norte é mais um dos eventos de transferência de tecnologia para sistemas ILPF promovido em parceiros (Senar, Unemat, Coopernova, Instituto Ouro Verde e também é parte de atividades de projetos vinculados ao Fundo Amazônia, visando a difusão de conhecimentos sobre sistemas integrados de produção agropecuária e recuperação de pastagens degradadas na Amazônia mato-grossense, informa a assessoria.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 01/03/2019 às 13:20hs
Fonte: Só Notícias/Agronotícias
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: