Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Cafeicultura perde áreas mas produção em Mato Grosso será maior, diz Conab

A conclusão é da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em relatório divulgado nesta quinta-feira. Segundo o documento, a produção tende a crescer 14%, quando comparada com a que foi verificada na última safra, chegando a 118 mil sacas.

A responsabilidade pelo aumento será a produtividade média esperada para a atual safra, que ficará 25,7% acima de 2018, chegando a 14 sacas por hectare. Apesar dos melhores resultados, a cultura perdeu espaço em Mato Grosso, conforme a Conab.

A companhia sinalizou que haverá diminuição de 9,3% na área plantada, chegando a 8,4 mil hectares. “Tal redução se deve principalmente à substituição das áreas de café no município de Colniza, que perderam espaço para a bovinocultura, atividade tradicional na região”, afirmou a Conab.

Ainda segundo o levantamento, o Brasil deve colher uma safra de 50,92 milhões de sacas de café beneficiado em 2019, somando-se as espécies arábica e conilon. O resultado representa uma redução de 17,4% em relação a 2018. O recuo, conforme a Conab, é devido à bienalidade negativa nos cafezais, um fenômeno natural que ocorre com a cultura e faz com que sua produtividade seja maior em um ano e menor no ano seguinte. No entanto, o Brasil segue como principal produtor mundial e maior exportador da cultura.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 21/05/2019 às 16:40hs
Fonte: Só Notícias
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: