Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Agricultura orgânica carece de investimento

Mesmo com um aumento significativo na adoção da agricultura orgânica ocorrendo em todo mundo, esse setor da produção de alimentos ainda carece de investimento em tecnologias que permitiriam um lucro maior. Foi isso que indicou um novo relatório da US Organic Grain Collaboration, em parceria com a Organic Trade Association.

De acordo com os dados, a quantidade de terras agrícolas dos Estados Unidos dedicada à produção de milho, soja, trigo, aveia e cevada orgânicos cresceu mais de 20% de 626 mil acres para 765 mil entre 2008 e 2016. Entretanto, durante o mesmo período, a indústria de produtos pecuários orgânicos dos EUA quase triplicou de tamanho, de US$ 1,2 bilhão em vendas para US$ 3,3 bilhões.

À medida que a demanda por produtos e ingredientes orgânicos continua a crescer, um número ainda maior de agricultores norte-americanos está interessado em converter todo ou parte de seu território em produção orgânica. Entre 2015 e 2016, as vendas de alimentos orgânicos aumentaram em 23% para US$ 7,6 bilhões, enquanto o número de fazendas orgânicas aumentou apenas 11%. Os EUA estão compensando o déficit com importações de países estrangeiros, incluindo Turquia, Reino Unido, Índia, Turquia e Argentina.

“O maior desafio para os agricultores é o fato de que a produção convencional é principalmente um sistema plug-and-play: se eu tiver esse problema, eu uso este produto. Considerando que a produção orgânica requer uma gestão mais intricada e você precisa ter um conjunto diferente de habilidades gerenciais. Requer que você observe tudo porque tudo está inter-relacionado: polinizadores, saúde do solo, vida selvagem, fontes de água próximas, etc. É um grande salto e pode necessitar muito para se aprender”, disse Zoe Schaeffer, especialista em relações de mídia para pesquisa agrícola orgânica serviço do Instituto Rodale.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 28/02/2019 às 12:20hs
Fonte: Agrolink
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio Desenvolvido por: