Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Tecnologias da Informação permitem automação e gestão da propriedade cafeeira

A popularização de dispositivos móveis no meio rural e os avanços da Tecnologia da Informação – TI viabilizam a aplicação de novas ferramentas tecnológicas no setor produtivo agropecuário. Nesse contexto, a pesquisa cafeeira está avançando no sentido de desenvolver e avaliar ferramentas de TI para promover a inovação da cafeicultura brasileira. Atualmente, por exemplo, com essas novas tecnologias é possível adotar smartphones para planejar o uso da área na implantação de lavouras cafeeiras e utilizar sistema computacional web para realizar gestão da propriedade.

Em sintonia com a tendência de adoção dessas tecnologias, a Revista Coffee Science, que tem periodicidade trimestral, da Universidade Federal de Lavras – UFLA, instituição integrante do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, publicou nesta edição (vol. 12, n° 3 de 2017) 15 artigos científicos acerca das mais recentes pesquisas e inovação aplicadas à cafeicultura. Entre essas pesquisas, o Observatório do Café destaca dois artigos que tratam de TI, a saber: ‘Aplicativo com processamento em tempo real para levantamento topográfico testado em área de produção cafeeira’ e ‘Sistema computacional web para controle de gestão da produção de café’.

O primeiro artigo destacado da revista Coffee Science vol. 12, n° 3, 2017, Aplicativo com processamento em tempo real para levantamento topográfico testado em área de produção cafeeira, publicado por três pesquisadores do Instituto Federal do Espírito Santo – IFES, trata da utilização de um aplicativo para proceder ao levantamento topográfico de lavouras de café. Nesse trabalho técnico-científico, os autores da pesquisa, por meio de testes em áreas cafeeiras, demostraram que a utilização dessa ferramenta tecnológica teve erro inferior a 1% na definição da quantidade de pés de café – mudas - que o cafeicultor deveria utilizar para uma determinada área de plantio. Além disso, demonstraram também que tal ferramenta pode auxiliar os produtores na determinação das linhas de irrigação e plantio, por meio da geração de relatório e croqui da área de cultivo. Por fim, os autores ressaltaram que o aplicativo, entre outras funcionalidades, permite cadastrar as áreas levantadas, determinar a distância de alinhamentos e enviar os dados levantados por telefonia celular, possibilitando a integração com outras tecnologias.

O segundo artigo em destaque, Sistema computacional web para controle de gestão da produção de café, abordou o sistema computacional web para controle de gestão da produção de café com o objetivo principal de desenvolver uma ferramenta web para auxiliar os cafeicultores na gestão de suas propriedades. O sistema foi estruturado a partir de estudos sobre as necessidades dos produtores rurais de café da Região Sul de Minas Gerais e possibilita, entre outras funcionalidades para o manejo da lavoura, cadastro de talhões de café, adubações, fertilidade de solo e aplicações de produtos fitossanitários com a emissão de relatórios contendo a consolidação desses dados para permitir a gestão da propriedade.

Esta edição da revista Coffee Science, a qual é vinculada à UFLA e ao Consórcio Pesquisa Café, além dos dois artigos em destaque, traz ainda mais treze trabalhos técnico-científicos de pesquisas realizadas recentemente que também valem a pena serem conferidos na íntegra. Tais artigos sãos os seguintes: Sintomas de fitotoxicidade em mudas de café submetidas a herbicidas inibidores da protox; Tipos de plantio e fertilizante biológico no cafeeiro em função do índice térmico; Primeira aproximação para solo cultivado com cafeeiro conilon na região atlântica da Bahia; Saturação por bases para o cafeeiro baseada no ph do solo e no suprimento de Ca e Mg; Planococcus citri (Risso) (Hemiptera: Pseudococcidae): Relações macho-fêmea e influências na biologia reprodutiva; Componentes genéticos do desenvolvimento e maturação de frutos de Coffea canephora Pierre ex A.Froehner; Cafeicultura familiar e as boas práticas agrícolas em Bom Sucesso – MG; Aplicación del proceso analítico jerárquico AHP para definir la mejor taza en evaluación de cafés especiales; Produção de mudas de café arábica em substrato composto de resíduo da secagem dos grãos; Limitações fotossintéticas em folhas de cafeeiro arábica promovidas pelo déficit hídrico; Cinética de secagem de café natural beneficiado com alto teor de água; Influência de fatores econômicos na oferta cafeeira do Estado de São Paulo; Micorrizas arbusculares em cafeeiro Coffea arabica L.: Revisão e meta-análise.

A Revista Coffee Science, que tem periodicidade trimestral, é publicada online, com acesso gratuito, contempla artigos técnico-científicos originais, publicados integralmente, os quais estão disponíveis nesta edição postada no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café, e no próprio site da revista Coffee Science.

Acesse esta edição da Revista Coffee Science e as demais publicadas de 2012 a 2017 no site do Observatório do Café pelo link

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 04/10/2017 às 14:20hs
Fonte: Embrapa Café
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: