Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Produtores e trabalhadores rurais de Materlândia participam de curso sobre alimentação para o gado leiteiro

 “O leite entra pela boca da vaca”, comparou o instrutor Ricardo Marcus Mendes, durante o curso do Senar Minas realizado em Materlândia, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Sabinópolis, de Alimentação de bovinos de leite com Cana com Ureia, Concentrado e Mistura Mineral.

Ricardo alerta os produtores e trabalhadores rurais de que a cana de açúcar tem grande potencial para ser utilizada como forrageira para o período seco do ano, mas é muito pobre em proteína. Uma opção interessante, segundo ele, é corrigir com a ureia, fonte desse composto orgânico. Outra dica é quanto ao sulfato de amônio, que fornece enxofre para os microorganismos ruminais aproveitarem melhor a ureia. “A ureia deve ser misturada com o sulfato de amônio na proporção de 9 partes de ureia para 1 parte de sulfato de amônio. E a mistura tem que ser homogênea”, explica.

Marcelo Souza participou do curso e, além de reconhecer o alimento em questão como importante para o rebanho, acrescentou que é de baixo custo e fácil de se encontrar, na região. “Isso é o que mais motiva quem trabalha no campo”, contou.

O instrutor lembra ainda que categorias animais diferentes tem exigências diferentes. “Por exemplo, a exigência de nutrientes de uma vaca de leite produzindo 20 litros de leite por dia é diferente da exigência de uma vaca produzindo 10 litros, ou uma novilha que ainda não está em fase de produção leiteira”.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Sabinópolis, Frank Mourão Barroso, essa parceria permite levar conhecimento aos trabalhadores, produtores e sociedade civil, buscando uma produção sustentável e produtos com mais qualidade e segurança alimentar. "Em especial o curso de cana com ureia foi oferecido em uma época muito oportuna e os conhecimentos adquiridos farão com que os participantes tenham um melhor aproveitamento do volumoso a ser fornecido para o gado”, ressalta.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 28/09/2017 às 13:40hs
Fonte: FAEMG
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: