Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Primeiro dia da Suinfest reúne grande público em espaço propício à capacitação

O primeiro dia da Suinfest 2016 foi marcado pela capacitação de produtores, estudantes e profissionais do setor. O Seminário “Reconhecendo os desafios para aumentar a produtividade”, na tarde da última quarta (06/7), recebeu apoio da Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves/MG), e reuniu um público de mais de 300 pessoas. Foram três palestras com professores renomados e temas relevantes, certificando o conteúdo de qualidade.

Quem abriu a programação, no Babilônia Centro de Eventos, em Ponte Nova (MG), foi o médico veterinário Dalton Fontes, docente da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ele abordou sobre novas tecnologias que proporcionam uma nutrição diferenciada aos leitões. Para o palestrante, o evento foi uma forma importante de difundir conhecimento. “Temos vários técnicos, profissionais de granjas, que não têm o tempo para ficar estudando e acompanhando as novidades. Então como professor e palestrante, tentamos trazer essas novidades. É uma forma de atualização dos profissionais de forma rápida e de qualidade”, disse.

Em seguida, foi a vez do professor da UFMG, Roberto Guedes, compartilhar seu conhecimento sobre prevenção e controle de enfermidades entéricas. Foi demonstrado os meios de prevenção e de controle de doenças na granja e manutenção de níveis baixos de infecção em cada unidade. O palestrante se mostrou contente com os resultados e com o público alvo: os produtores. “A região da Zona da Mata é um dos principais polos de produção do estado de Minas Gerais. É importante lembrar dos pontos importantes e rotineiros de manejo, limpeza e higienização para a melhoria sanitária de maneira geral”, concluiu.

Fechando as palestras do Seminário, o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), David Barcellos, atualizou o público sobre doenças respiratórias dos suínos. Ele enfatizou que é preciso estudar além da causa e considerar uma série de fatores e agentes. “O foco central dessa apresentação foi apresentar o principal patógeno respiratório em suínos e que nada aconteceria se o sistema de produção estivesse bem ajustado em ambiência, ventilação, aquecimento, conforto para os animais, limpeza”, articulou. “Uma coisa que ficou clara para mim, que eu tentei passar, é que as alternativas de medicação não podem mais controlar as doenças respiratórias de uma maneira adequada, considerando o avanço do sistema produtivo. Nós temos que evoluir para resolver estes problemas”, resumiu Barcellos.

Ao final da programação, o público participou de debate com os palestrantes e com o diretor da Abraves/MG, José Eustáquio. Foram realizadas várias perguntas, sanando dúvidas dos produtores e profissionais presentes. Finalizado o momento de capacitação, a Feira de Expositores foi oficialmente aberta.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 12/07/2016 às 14:15hs
Fonte: ASSUVAP
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: