Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Mercados acionários chineses avançam e índice MSCI atinge máxima de 10 anos

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,34 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,18 por cento.

A confiança manteve-se bastante positiva, embora as negociações tenham sido reduzidas em meio à expectativa de que Pequim mantenha a estabilidade nos mercados financeiros antes do congresso do partido neste mês.

A Kweichow Moutai, maior fabricante de bebidas alcoólicas da China por valor de mercado, subiu 1 por cento para novo recorde, ajudando o índice de consumo a subir 2 por cento, para a máxima desde que foi lançado em 2005.

Mas as empresas de recursos básicos continuaram a recuar com a fraqueza das commodities. A China Molybdenum teve queda de 3,5 por cento e pressionou o setor de matérias-primas, que recuou 0,8 por cento menor.

Já o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, atingiu a máxima em uma década nesta quarta-feira, após Wall Street registrar novos recordes. Às 7:24 (horário de Brasília), o índice tinha alta de 0,31 por cento.

O Nikkei do Japão por sua vez fechou no nível mais alto desde 1996.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,28 por cento, a 20.881 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,36 por cento, a 28.389 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,18 por cento, a 3.389 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,34 por cento, a 3.903 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,00 por cento, a 2.458 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,03 por cento, a 10.641 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,26 por cento, a 3.280 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,59 por cento, a 5.772 pontos.
Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 11/10/2017 às 10:20hs
Fonte: Reuters
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: