Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Embrapa disponibiliza nova cultivar de milho

O primeiro híbrido de milho verde, o BRS 3046, foi desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e nomeado de Saboroso. Importante produto para os pequenos e médios produtores, o milho pode ser cultivado ao longo de todo o ano e possui caraterísticas ideais para o consumo in natura e para a produção de alimentos como pamonha, mingau e bolos.

Segundo o pesquisador na área de melhoramento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, unidade Milho e Sorgo (Embrapa Milho e Sorgo), em Sete Lagoas, região Central de Minas Gerais, Paulo Evaristo de Oliveira Guimarães, o incentivo para as pesquisas veio da demanda dos produtores, que contam com poucas opções de sementes de qualidade no mercado.

Guimarães ressalta que o milho verde é produzido e consumido em todas as regiões do País, abrangendo tanto a população rural como a urbana. Minas Gerais, Goiás e São Paulo concentram a maior produção. O cereal tem grande valor cultural e é um importante gerador de renda e empregos na agricultura familiar.

“O milho verde é uma cultura tradicional, sendo plantado, com irrigação, o ano todo. Em termos de melhoramento e de lançamento de novas sementes, a demanda pelas pesquisas é alta porque a cultura convive com vários tipos de estresse como as variações do clima ao longo do ano, doenças e pragas. Quando se usa em uma mesma propriedade um mesmo tipo de semente, se cria um risco maior de doenças e de frustração de safra. Essa necessidade de variação de cultivares gera uma demanda maior pelo melhoramento genético”, explicou.

As pesquisas para o desenvolvimento do milho BRS 3046 levaram mais de dez anos. A dedicação se deve à necessidade de o milho verde apresentar características especiais, como a uniformidade do período de colheita, boa janela de colheita, tempo prolongado de prateleira, grãos mais dentados e profundos, sabugo branco, além de pontos diferentes para o consumo in natura ou para a produção de itens a base de milho, como pamonha e bolos.

“O milho verde é cheio de características especiais. Além de ser plantado em todas as regiões, com climas diferentes, o mercado comercial do milho verde tem várias exigências que precisamos levar em conta durante a pesquisa. Apesar de ter a demanda grande pelo milho verde, são poucos materiais diferenciados no mercado, que está concentrado em duas ou três cultivares. Lançamos esta nova semente e vamos dar segmento às pesquisas devido à importância cultural, social e econômica do produto”, explicou Guimarães.

Disponibilidade

As sementes do milho verde BRS 3046 já estão disponíveis no mercado. A cultivar é recomenda para as regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste do País.

A BRS 3046, que pode ser plantada durante todo o ano, é superprecoce e com florescimento em 60 dias. Possui grãos de cor amarelo alaranjado, espiga com comprimento médio de 18 centímetros e produtividade média de 30 mil a 40 mil espigas por hectare. Também é resistente a algumas doenças, como por exemplo, a ferrugem comum.

“É uma opção que a Embrapa oferece ao mercado, que é extremamente exigente. Já fizemos um teste com agricultores e comerciantes na Ceasa Minas e o milho verde da Embrapa foi bem-aceito. Agora a produção será em larga escala e vamos acompanhar o desempenho”.

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 09/02/2018 às 09:40hs
Fonte: Diário do Comércio
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: