Olá, Visitante Entre Cadastre-se EAD

Portal do Agronegócio

Colheita de café e milho contribui para a geração de empregos em Minas Gerais

Segundo levantamento apresentado pelo Sebrae Minas, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), as micro e pequenas empresas (MPE) mineiras foram responsáveis por mais da metade do saldo de empregos gerados em todo o país no mês de maio. O resultado positivo sofreu influência do setor de Agropecuária e Extração Vegetal responsável por 80% das vagas registradas no período.

No mês de maio as MPE mineiras registraram 104.339 admissões e 89.390 desligamentos, gerando o maior saldo de empregos no país. Somado aos outros quatro meses do ano, o estado já acumula um saldo positivo de mais de 50 mil vagas. Segundo a analista do Sebrae Minas, Bárbara Alves, foram 12 mil vagas a mais que no acumulado do mesmo período do ano passado.

“A colheita do café e do milho podem ter contribuído para o aumento das vagas de emprego no período”, afirma a analista do Sebrae Minas.

Entre as atividades que as MPE contrataram mais de que demitiram em Minas estão: trabalhador da cultura de café (6.603 vagas), trabalhador volante da agricultura (2.531 vagas), trabalhador agropecuário (1.849 vagas), servente de obras (1.016) e alimentador de linha de produção (428 vagas).

Imprensa:
Enviar matéria
Data de Publicação: 06/07/2018 às 19:00hs
Fonte: Café Point
◄ Leia outras notícias
Portal do Agronegócio © Copyright 2013 Portal do Agronegócio. Desenvolvido por: